sábado, 26 de julho de 2014

ESCRAVA


ESCRAVA
Sou escrava,da rima!
não levo rumo certo,
para cada palavra que escrevo.
Tenho coração aberto.

Tenho o coração aberto
aberto mas muito triste,
por o não poder abrir.
A tanto amor que existe.

A tanto amor que existe
amo mas só pra mim,
para não dar confusão.
A algo que não têm fim.

felizarda

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queridos amigos podeis fazer vossos comentários.